PERÍMETROS DE INTERVENÇÃO PRIORITÁRIA -MERCADO MUNICIPAL E PRAÇA DR. ALFREDO CARDOSO (LARGO DO MERCADO)

logo_centrovivoO projeto para o Mercado Municipal de Piracicaba foi objeto de concorrência pública no ano de 1886, por iniciativa da Câmara. O projeto aprovado e efetivamente inaugurado dois anos mais tarde consiste na “nave central” do atual edifício, que tem sua cobertura sustentada por tesouras metálicas como se observa na foto seguinte.

 

mercado_municipal_antigaReformado e ampliado no ano de 1958, o Mercado Municipal de Piracicaba viu desaparecer diversas características do prédio original, num projeto de modernização do edifício.

O centenário Mercado Municipal, tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural (Codepac), é um dos mais importantes referenciais históricos, com intensa apropriação e uso pelos cidadãos piracicabanos. Constitui-se em tradicional ponto de venda de artigos hortifrutigranjeiros, sendo que alguns de seus boxes são, há décadas, administrados pelas mesmas famílias, passando a atividade de geração a geração.

Atualmente, o edifício que abriga o Mercado Municipal encontra-se bastante deteriorado e em condições precárias de manutenção, necessitando urgentemente passar por intervenção que, minimamente, atenda aos requisitos básicos de segurança e higiene.

A inserção urbana do edifício do Mercado também não aproveita todo o potencial que sua localização no Núcleo Comercial da cidade lhe proporciona. O Largo contíguo ao edifício consiste, hoje, num bolsão de estacionamentos, subutilizado paisagística e funcionalmente.

As diretrizes para a intervenção no Mercado são as que seguem:

  • revisão do sistema de carga e descarga de mercadorias do Mercado;
  • requalificação do Largo do Mercado, considerando o estacionamento de veículos e a utilização das calçadas e espaços públicos para atividades do mercado e a ele relacionadas;
  • incorporação de novas atividades ao conjunto, sobretudo gastronômicas;
  • proposição de reestruturação interna do edifício, enfatizando a relação com o espaço da Praça Dr. Alfredo Cardoso;
  • estudo das condições e implementação de alterações estruturais e infraestruturais na edificação;
  • respeito às características do edifício enquanto bem tombado em nível municipal pelo Codepac;
  • definição de novo modelo de gestão do Mercado Municipal.

No segundo semestre de 2004 foi desenvolvida, pelo Escritório de Arquitetura UNA Arquitetos, apoiada pelo Ministério da Cidade, proposta de intervenção para a completa requalificação do Mercado e seu largo. Foi proposta a demolição dos anexos acrescentados ao longo do tempo, valorizando-se o edifício original do século XIX. Além disso, foram propostos novos anexos contemporâneos, de modo a valorizar o patrimônio histórico, ao mesmo tempo em que se garantiam melhores condições sanitárias e de infraestrutura às atividades aí realizadas.

mercado_municipal_novo